Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

songs-by-night
No comando: Songs by Nigth

Das 00:00 as 02:00

cafeina
No comando: Cafeína

Das 02:00 as 06:00

levanta-rio-grande
No comando: Levanta Rio Grande

Das 06:00 as 08:00

sintonia-agora-vai
No comando: Sintonia livre

Das 08:00 as 12:00

domingo-nativo
No comando: Domingo Nativo

Das 08:00 as 13:00

festival-da-trinca
No comando: Festival da Trinca

Das 08:00 as 13:00

velhas-e-boas
No comando: Velhas e Boas

Das 13:00 as 14:00

conexao-teste
No comando: Conexão 103

Das 14:00 as 17:00

rancho-crioulo
No comando: Rancho Crioulo

Das 17:00 as 19:00

voz-do-brasil
No comando: A Voz do Brasil

Das 19:00 as 20:00

dona-da-noite
No comando: Dona da Noite

Das 20:00 as 00:00

Fralda Cheia: Criança faz procedimento para tirar parte de hand spinner do estômago, em Porto Alegre

Compartilhe:
spinner

Uma criança de quatro anos precisou passar por procedimento de endoscopia em Porto Alegre para retirar do estômago uma bateria de hand spinner. O caso aconteceu no início de agosto no Hospital da Criança Conceição e foi atendido pela médica gastroenterologista Ana Regina Ramos, que também é diretora da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul. O fato fez a entidade emitir um alerta aos pais para redobrarem a atenção para este brinquedo.

A médica relatou que a criança ganhou o brinquedo dos pais à tarde e à noite já foi levado ao hospital pois havia engolido uma das baterias, que faz as luzes do brinquedo piscarem enquanto ele é girado. A médica explica que a endoscopia foi necessária pois há o risco de a pilha causar descarga elétrica e queimar os órgãos, ou ainda de vazar o ácido, causando uma lesão hemorrágica ou até a perfuração do esôfago.

Em junho, o Inmetro divulgou um alerta sobre o brinquedo e contraindicou que crianças com menos de seis anos tenham acesso ao equipamento. Para quem tem mais de seis, recomenda-se a supervisão de um adulto. Os pais devem atentar para o selo do Instituto, que garante que o brinquedo passou por inspeção de qualidade. O alerta do Inmetro fez o Ministério da Justiça abrir investigação sobre a venda irregular, alegando que no Exterior foram registrados acidentes.

No Brasil, a popularidade do hand spinner teve o ápice nos primeiros meses de 2017. O preço varia de R$ 25, para um spinner básico, de plástico, até R$ 80 para um de metal. A brincadeira consiste em ficar girando o brinquedo. O anúncio do produto fala em propriedades anti-estresse, que acalma crianças, mas ainda não há estudos que comprovem isto.

Fonte: Gaúcha

Importante: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site ou da Rádio Itapuã FM.

Deixe seu comentário: