Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

songs-by-night
No comando: Songs by Nigth

Das 00:00 as 02:00

cafeina
No comando: Cafeína

Das 02:00 as 06:00

levanta-rio-grande
No comando: Levanta Rio Grande

Das 06:00 as 08:00

sintonia-agora-vai
No comando: Sintonia livre

Das 08:00 as 12:00

domingo-nativo
No comando: Domingo Nativo

Das 08:00 as 13:00

festival-da-trinca
No comando: Festival da Trinca

Das 08:00 as 13:00

velhas-e-boas
No comando: Velhas e Boas

Das 13:00 as 14:00

conexao-teste
No comando: Conexão 103

Das 14:00 as 17:00

rancho-crioulo
No comando: Rancho Crioulo

Das 17:00 as 19:00

voz-do-brasil
No comando: A Voz do Brasil

Das 19:00 as 20:00

dona-da-noite
No comando: Dona da Noite

Das 20:00 as 00:00

Mais de 300 empresas em Júlio de Castilhos receberão Notificação de Cancelamento Administrativo

Compartilhe:
mais-de-300-empresas-em-julio-de-castilhos-recebem-notificacao-de-cancelamento-administrativo

A Junta Comercial de nossa cidade atende sete municípios, incluindo Jari, Tupanciretã, Quevedos, Pinhal Grande, Silveira Martins e Ivorá.

Os empreendedores que tiverem suas empresas sem movimentação há mais de dez anos deverão ficar atentos. Conforme dados da Junta Comercial, Industrial e Serviços do Rio Grande do Sul – JucisRS, cerca de 305.000 (trezentos e cinco mil) empresas estão sujeitas a terem seu registro cancelado por falta de arquivamento de atos. Esta inativação se dá por força da legislação do registro público de empresas mercantis e atividades afins e abrange as empresas que não procedem a qualquer arquivamento no período de 31/12/2007 a 28/2/2018, conforme edital publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), do dia 18 de maio de 2018 como prevê o artigo 60 da Lei 8.934/94.

Em Júlio de Castilhos temos 370 empresas na lista, 23 em Jari, 14 em Ivorá, 30 em Pinhal Grande, 33 em Silveira Martins, 403 em Tupanciretã e 25 em Quevedos.

A Junta Comercial enfatiza a importância dos contadores e empresários estarem informados e atentos em relação a situação da empresa junto ao órgão de registro. Ao fazer o comunicado de funcionamento, o nome empresarial fica protegido além de garantir a manutenção do registro na condição de ativo.

Para facilitar a consulta foi disponibilizado no site, www.jucisrs.rs.gov.br

um relatório das empresas que se encontram nesta situação.

Os documentos deverão ser firmados pelo titular e/ou sócios de empresas mercantis, representantes e/ou diretores de cooperativas e sociedades anônimas, com assinaturas devidamente reconhecidas por autenticidade, a teor da Resolução Plenária n° 001/2015.

Lembramos, ainda, que o arquivamento de livro mercantil não é considerado documento hábil a indicar movimento na empresa. Conforme o edital, o prazo para as empresas se regularizarem, encerra-se em 18 de julho.

Fonte: Prefeitura Municipal
Foto: Divulgação

Importante: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do site ou da Rádio Itapuã FM.

Deixe seu comentário: